sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

A IMPORTÂNCIA DO COOPERATIVISMO PARA O MUNDO




By Mariah Morais

A palavra "Cooperação" é muito usada quando se deseja a colaboração daqueles ao nosso redor para a execução de tarefas, mas será este o verdadeiro significado da palavra? Certamente que não.
Quando estávamos planejando a criação da Cooperbom Turismo, pesquisamos exaustivamente sobre o termo e descobrimos o verdadeiro sentido da palavra, não o que acreditamos ser, mas o real.
Saber que o Cooperativismo é o melhor meio para mitigar as diferenças sociais, gerar emprego e renda e trazer bem-estar aos que se engajam no movimento cooperativo, é de fato maravilhoso. A crise alimentar, as questões climáticas que envolvem o planeta, o bio-combustível, estão entre os temas discutidos e trabalhados pelas cooperativas do mundo inteiro.
As cooperativas hoje, atuam em todos os setores da economia, o objetivo geral é um só: mitigar a pobreza no mundo com eficiencia e com a participação de todos, ricos e pobres, sem importar a cor, a raça ou a religião, todos se beneficiam. Entretanto, muitos associam o cooperativismo à pobreza, não tendo a menor idéia de que ao contrário, o cooperativismo surgiu nos países ricos, Inglaterra, França, Canadá, Estados Unidos, etc.
As maiores cooperativas do mundo estão na Espanha e nos Estados Unidos. No Canadá, cerca de 80% da população é cooperativada, da mesma forma que nos demais países citados, onde um número bastante significativo da população também faz parte de alguma cooperativa.
Os resilientes fazem parte de cooperativas de todos os setores, através delas eles buscam a reconstrução de suas vidas, seus países, principalmente após catástrofes.
Cooperativas como a de Mondragón na Espanha e a Navy Federal Union nos Estados Unidos, são exemplos de grandes cooperativas.
Tornar-se um cooperativado é fazer parte de um grupo empreendedor e solidário, participativo e transformador.
Segundo Roberto Rodrigues, grande mestre do cooperativismo brasileiro:

As cooperativas continuam a ser o meio para realizar sonhos. As cooperativas produzem bem-estar e democracia, mas, sobretudo produzem felicidade. As cooperativas são “a opção” e não apenas “uma opção’, porque geramos valor agregado à vida das pessoas...Quando se investe numa instituição cooperativa, se tem certeza...de que se vence a exclusão...se gera emprego, se distribui eqüitativamente a riqueza...se potencializa a produtividade...se decide democraticamente...não se atenta contra o meio ambiente...se propaga bem estar ao meio comunitário...que há vinculação com os setores econômicos de geração de produtos e serviços... que, em primeiro lugar e o mais importante, são as pessoas”. As cooperativas transferem não apenas produtos, serviços e recursos financeiros; transferem cultura” .

De fato, o cooperativismo é o meio pelo qual podemos realizar sonhos, grandes sonhos, ainda que comecem pequenos, não importa o tamanho, o importante é dar passos consecutivos, devagar e sempre, na busca pelo ideal em que acreditamos. Os sonhos são de todos nós. Juntos seremos sempre mais fortes.
A Cooperbom Turismo é um exemplo de que os sonhos podem se tornar realidade, com seus projetos para um turismo responsável e sustentável, é uma cooperativa que tem suas bases na doutrina cooperativa dos pioneiros de Rochadale.

Para saber mais sobre Roberto Rodrigues acesse o site abaixo:
http://www.radiobras.gov.br/governo/ministerio/lula_agricultura.htm

Fonte: http://www.polisystem.com.br/oceb/oceb_artigos/one_news.asp?IDNews=30

domingo, 22 de fevereiro de 2009

CARNAVAL DOS CARNAVAIS DO GRUPO RM EM ILHÉUS-BAHIA

Fotos dos carnavais anteriores, de 2004 a 2008 (clique para ampliar).
Foliões no carnaval dos carnavais do Grupo RM. (Clique na imagem para ampliá-la).
Cel. Winston Meireles e as foliãs no carnaval dos carnavais!
Poppof e amigos caindo na grande folia!
Cel. Winston Meireles(Cooperbom Turismo), Prefeito Newton Lima e a primeira dama Inês Lima.
Raildo Nascimento (Ideal Fotos), Cel. Winston Meireles(Cooperbom Turismo) e o Prefeito de Ilhéus, Newton Lima.

Aconteceu neste sábado dia 21 de fevereiro, o Carnaval dos Carnavais, promovido pelo Grupo RM, na área da Barrakítica, no centro de Ilhéus, este ano homenageando postumamente o grande empresário, jornalista Carlos Oliveira Gomes. A característica da folia é a animação dos participantes, acompanhando as músicas dos carnavais passados, mas eternos na memória de cada folião.

O Prefeito Newton Lima e a Primeira Dama estiveram presentes para abrilhantar a festa.

A Cooperbom Turismo apoiou o Grupo RM e parabeniza aos organizadores da belíssima festa, ao Raildo Nascimento, Hans Schaeppi e demais participantes.

Agradecemos especialmente ao Cel. Jamil Rodrigues, nosso Diretor-Comercial, ao tornar possível o patrocínio de nossa Cooperativa, possibilitando a existência, pelo 6º ano consecutivo em nossa cidade, da tradicional festa “Carnaval dos Carnavais” - que também possui objetivo beneficente - mantendo viva a cultura das inesquecíveis marchinhas dos grandes carnavais do passado.

Abaixo, um relato da história do Grupo RM, escrito por seu coordenador, Raildo V. Nascimento.

"NA DÉCADA DE 90, MAIS PRECISAMENTE NO ANO DE 95, UM GRUPO DE EMPRESÁRIOS, APOSENTADOS E PESSOAS DA MAIOR IDADE: RAILDO, RENILDO, CEL. JAMIL, ALTINO, ESMERALDO LINS, JAIR GARCIA, DR LEONEL CRISTO, ZEQUINHA, FELIZ , EVERALDO, HANS SCHAEPPI, GILENO, CLAUDIO SILVEIRA, GILDO E OUTROS DE MENOR IDADE QUE ESTÃO SEMPRE PRESENTES. TENDO COMO OBJETIVO: A DESCONTRAÇÃO; COMEÇOU A SE REUNIR, ÁS SEXTAS E SÁBADOS NO EXTINTO “SANCHOPANÇA” DE PROPRIEDADE DO EMPRESÁRIO SECONDINO CARBALHAL.

COM O FECHAMENTO DO REFERIDO BAR, FICAMOS ORFÃOS, ATÉ QUE O BRUNO, DONO DA BARRAKÍTICA, RESOLVEU NOS ADOTAR: BOM PRA ÊLE, ÓTIMO PARA NÓS QUE COMEÇAMOS A NOS REUNIR COM MAIS FREQÜENCIA, AOS SABÁDOS. POREM PERCEBEMOS QUE ESTAVA FALTANDO ALGO – A BOA MÚSICA POPULAR BRASILEIRA, PRINCIPAMENTE NO REINADO DE MOMO. DAÍ SURGIU A IDEIA DE RELIZARMOS UM CARNAVAL DIFERENTE. COMO O GILENO ARAUJO (PONTO CHIC) É DETENTOR DE UMA QUANTIDADE DE LPS, CDS, K7, FICOU FÁCIL. MÚSICA ANTIGA PARA TODOS OS GOSTOS É O QUE FAZEMOS ANUALMENTE, COM O TÍTULO DE CARNAVAL DOS CARNAVAIS, O QUAL É DIVIDIDO EM DUAS PARTES. A PRIMEIRA CONTENTA OS MAIS ANTIGOS QUE VIVERAM OS GRANDES SUCESSOS: A JARDINEIRA, ALÁ-LA-Ô, EU BRINCO, CONFETI E TANTOS OUTROS. A SEGUNDA PARTE VISA CONTENTAR OS MAIS JOVENS: AS MESMAS MÚSICAS POREM EM FORMA DE POUT-POURRIT, COM QUALIDADE EXCELENTE, O QUE FAZ A GRANDE LOUCURA DOS FOLIÕES.

HOMENAGEAMOS ANUALMENTE UMA PESSOA QUE TENHA SE DESTACADO NO CENÁRIO CARNAVALESCO. O PRIMEIRO (2004) FOI WALTER MANCHINHA, O SLOGAN FOI “O FOLIÃO Nº 1”. O SEGUNDO (2005) FOI O EX-PREFEITO HERVAL SOLEDADE COM O SLAGAN: “O MAIOR CARNAVALESCO DE TODOS OS TEMPOS”. 0 TERCEIRO FOI O TONY NETO (2006) O SLOGAN FOI “O PIONEIRO DO TRIO ELÉTRICO EM ILHÉUS”. O QUARTO (2007) FOI O TÉO (MANOEL TEOTÔNIO NETO) O SLOGAN FOI “O CAMPEÃO DA BOEMIA”. O QUINTO (2008) FOI RENILDO VIEIRA DO NASCIMENTO, CUJO SLOGAN FOI “O ETERNO REI MOMO” E FINALMENTE ESTE ANO (2009), FOI O CARLOS DE OLIVEIRA GOMES FUNDADOR DO DIÁRIO DE ILHÉUS. O SLOGAN FOI “UMA VIDA DEDICADA AO JORNALISMO”

AÍ ESTÁ UM BREVE RELATO DA NOSSA CONFRARIA!

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Aos nossos amigos na Inglaterra, Estados Unidos e África

No mundo globalizado em que vivemos, onde muito se fala e pouco se faz, onde as atitudes são para poucos e a solidariedade se faz urgente, é de essencial importância agradecer àqueles que reconhecem o nosso esforço e o nosso trabalho, nos incentivando, se fazendo presentes, ainda que distantes, e nos enviando suas sugestões, nos motivando a continuar no caminho que acreditamos ser o melhor para os nossos estudos e ações na busca por qualidade de vida para todos através do turismo responsável e sustentável.
Agradecemos aos nossos amigos na África, na Inglaterra, nos Estados Unidos , por suas sugestões e por acompanhar nossos passos diariamente através de nosso blog.
Thanks you all for your feedback, our Co-operative is yours as well. Keep in touch!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

UMA REVERÊNCIA À ARTE...CIRQUE DU SOLEIL - ALEGRIA

A arte é de fato, uma fonte de muitas "alegrias", como na letra da música título de um dos espetáculos do Cirque Du Soleil. Muitos admiram a arte, mas não a sentem com o sentimento que ela nos proporciona. É a exposição de valores estéticos, como beleza, equilíbrio, harmonia, medo e frustrações, sintetizando a história, os sentimentos, a cultura e o modo de viver de cada um. Alguns escolhem a dança, outros escolhem a pintura, a música, enfim, o importante é expressar-se.
A Cooperbom Turismo tem em seus pilares a cultura como forma de propagar a alegria que é a melhor fonte da juventude, dentre seus diversos projetos encontram-se os que se referem à cultura, às artes de forma geral. Estaremos oferecendo em breve o curso de Introdução à História da Arte com o objetivo de incentivar a nossa comunidade a entrar num mundo de cores, letras e sons.
Começemos por assistir ao vídeo da música "Alegria" do Cirque du Soleil, exemplo da difusão da arte pelo mundo, com seus espetáculos magníficos, é uma companhia circense com base em Montreal/Quebec - Canadá, fundado em 1984 por dois ex-artistas de rua, Guy Laliberté e Daniel Gauthier, em resposta a um apelo feito pelo Commissariat général aux célébrations 1534-1984
do governo de Quebec, sobre a comemoração do 450º aniversário da descoberta do Canadá pelo explorador francês Jacques Cartier (1491-1557).

O Cirque du Soleil tem sido descrito como um "circo moderno" cheio de histórias e performances estonteantes, os shows não utilizam animais. Há vários espetáculos rodando o mundo e outros fixos em cidades como Orlando e Las Vegas (EUA).

Recruta artistas e números de toda parte, seu elenco é composto por artistas de mais de 40 nacionalidades e seus números sofrem influências do teatro mambembe, do mundo circense, da ópera, do balé e do rock. O espetáculo começa através de um conceito criativo, geralmente com elementos de uma história central, aliada ao desenvolvimento do design do show e a seleção de um compositor para a música. Há contorcionismo, malabarismo, palhaços e trapezistas, todos com roupas coloridas e maquiagens. Demonstra traços medievais e barrocos. Os shows fazem uso de música ao vivo, a língua falada durante o espetáculo é o "Cirquish", um dialeto imaginário criado pela companhia.

A trupe do circo é hoje membro da Calçada da Fama do Canadá. Suas performances disponibilizam-se em DVDs e CDs, e estão sempre com espetáculos em toda parte do planeta.

Os espetáculos do Cirque du Soleil tem como um dos grandes destaques a trilha sonora, sempre influenciada por ritmos musicais atuais. Dentre vários compositores que já trabalharam no cirque, os mais requisitados são René Dupéré, Benoit Jutras e Violaine Corradi.
Vale a pena sentir essa "alegria" assistindo a um dos espetáculos pelo mundo.

Fonte e site oficial: http://www.cirquedusoleil.com