quarta-feira, 24 de agosto de 2011

2012 Ano Internacional das Cooperativas pela ONU

"As cooperativas são um lembrete para a comunidade internacional de que é possível conseguir tanto a viabilidade econômica quanto a responsabilidade social."
Ban Ki-moon – Secretário Geral da ONU

A Assembleia Geral da ONU vai lançar o Ano Internacional das Cooperativas (2012) na segunda-feira, 31 de outubro, 2011 em Nova York. O Departamento das Nações Unidas para Assuntos Econômicos e Sociais (UNDESA), em colaboração com o Comitê para a Promoção e Progresso das Cooperativas (COPAC), está fazendo os preparativos.
No Ano Internacional das Cooperativas, uma série de eventos serão realizados ao longo do dia:
  1. Na parte da manhã, ocorrerão duas mesas-redondas informal abordando os temas, "As empresas Cooperativas constroem um mundo melhor”: “Contribuições para o Desenvolvimento das Cooperativas" e "Como fortalecer cooperativas para o Desenvolvimento Sustentável".
  2. Na parte da tarde, o Secretário-Geral e o Presidente da Assembleia Geral lançarão oficialmente o Ano Internacional das Cooperativas (AIC), durante a Sessão Geral Plenária.
  3. Cooperativas, organizações da sociedade civil, os Estados-Membros e organizações do sistema das Nações Unidas estarão também organizando eventos paralelos para comemorar a ocasião e para destacar o papel diversificado de cooperativas em desenvolvimento.
O lançamento tem como objetivo aumentar a consciência pública sobre as cooperativas e suas contribuições para o desenvolvimento socioeconômico, para a realização dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, e promover a formação e o crescimento das cooperativas em todo o mundo. Estados-membros, observadores, organizações do sistema das Nações Unidas, * Cooperativas e Organizações Não-Governamentais no estatuto consultivo junto do Conselho Econômico e Social são convidados a participar do lançamento do IYC (International Year of Cooperatives).
O lançamento global do Ano Internacional das Cooperativas foi estabelecido pela Assembleia Geral das Nações Unidas na sua resolução 65/184.



segunda-feira, 8 de agosto de 2011

COOPERBOM TURISMO LANÇA O CLUBE DA FELICIDADE CFELIZ


O CFELIZ, reune atividades turísticas, ciclo de palestras, cursos (artes, inglês, espanhol e danças de salão), motivação pessoal, desenvolvimento interpessoal, intercambio nacional e internacional, convênios e oportunidade de negócios.
A ideia teve início entre os cooperados da Cooperbom Turismo que participam dos programas de passeios, city tours personalizados e viagens da cooperativa.
Os associados são convidados semanalmente para o Chá das 5, momento de interação e descontração, troca de ideias e degustação das delicias que cada um faz e compartilha com o grupo.

O CFELIZ foi lançado em 2010, na sede da Cooperativa com a presença dos cooperados para o Chá das 5. Participe, faça novas amizades e seja feliz.
Contato: cooperbomturismo@hotmail.com

sábado, 6 de agosto de 2011

MTur - Portaria regulamenta cadastro de serviços turísticos

Sistema é uma importante fonte de consulta para o mercado turístico brasileiro
As cooperativas que atuam no ramo de turismo e lazer devem ficar atentas às novas regras do
Ministério do Turismo (MTur) que instituíram o Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur).

A Portaria nº 130/2011 foi publicada no Diário Oficial da União no último dia 28 de julho e pretende promover o ordenamento, a formalização e a legalização dos prestadores de serviços turísticos no Brasil, por meio do cadastro de empresas e profissionais do setor. Para as cooperativas desse segmento, o cadastro será realizado por meio da apresentação dos seus atos constitutivos, entre outros o Estatuto e Ata da Assembleia Geral de Constituição, devidamente registrados na junta comercial, e na Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). Para o representante nacional do ramo, Remy Gorga, o cadastro é algo que vai beneficiar o setor, tendo em vista que permitirá a participação de cooperativas em eventos, feiras e ações realizados pelo MTur e pela Empresa Brasileira de Turismo (Embratur), tais como o Salão do Turismo, Vai Brasil e Portal de Hospedagem. “O cadastro é excelente fonte de consulta do mercado turístico brasileiro”, diz. Outro ponto importante destacado por Gorga é a facilidade do acesso a linhas de financiamento específicas para o turismo, por meio de bancos oficiais, além da participação em programas de qualificação promovidos e apoiados pelo MTur.

A portaria também enfatiza o papel das secretarias como braços executivos do MTur nos estados e atende à Política Nacional de Turismo, baseada na gestão compartilhada e descentralizada. O Cadastur é um sistema online que recebe cadastros obrigatórios dos prestadores de serviços turísticos de meios de hospedagem, agências, transportadoras, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos e guias. A inscrição no mesmo é gratuita e mais informações podem ser acessadas no endereço abaixo:
http://www.cadastur.turismo.gov.br/cadastur/ComoCadastrar.mtur